• (64) 3621-4336
  • dept_atendimento@sethoresg.com.br

Saiba como preparar um bom currí­culo

06-06-2022

Saiba como preparar um bom currículo

Fazer um bom currículo é indispensável para participar de processos seletivos e ser chamado para entrevista de emprego. Seja qual for a vaga que você queira conquistar, tudo começa pelo currículo. 

 

Seja objetivo,se imagine no lugar do seu recrutador. É comum ao anunciar uma vaga, que uma empresa, principalmente as mais renomadas, recebam dezenas de currículos diariamente. Com tantas opções para analisar, tudo o que eles menos desejam são currículos com duas ou três páginas recheadas de experiências e cursos que não se encaixam naquela vaga específica. Ao organizar as informações, facilite o trabalho de leitura e de interpretação do avaliador. Acrescente apenas os cursos, experiências profissionais e formações que sejam diferenciais e importantes para aquela vaga. Por exemplo, se você está se candidatando a um cargo ou a um estágio em Administração, um curso de interpretação teatral não vai te ajudar a conquistá-lo.

A objetividade de um currículo acaba sendo refletida no seu tamanho. Não há uma regra oficial sobre um número correto de páginas, mas o ideal é que não passem de duas. Quanto ao formato, utilize fontes que facilitem a leitura, como Arial, Verdana e Times New Roman, com tamanho 12 para o texto, e 14 ou 16 para títulos e subtítulos e a cor automática do seu editor de texto. Deixe todas as informações bem segmentadas e dê preferência a um layout mais limpo. Caso o seu currículo seja impresso, utilize uma folha de papel A4 na cor branca.

Priorize as informações essenciais

Todo currículo precisa ter uma série de informações básicas sobre escolaridade, experiência profissional e cursos. O mais importante nesse quesito é não mentir. Em algum momento da contratação ou da avaliação, você poderá ser confrontado.

Portanto, não destrua a sua imagem profissional. Mesmo que você acredite que não tenha a qualificação ideal, talvez aquela empresa consiga ver algo a mais em você. E não há nada mais do que elas apreciem do que profissionais idôneos, em que possam confiar.

Todas as informações no seu currículo devem ser apresentadas na seguinte ordem:

Dados pessoais

Esse tópico reúne todos os seus dados pessoais e formas de contato com a empresa. Os essenciais são o nome, data de nascimento, endereço, cidade e estado, além de telefones de casa, celular, e-mail e redes sociais — caso você queira compartilhar com o avaliador.

Objetivo

Seu objetivo profissional deve vir da forma mais sucinta possível. Por exemplo, se você está se candidatando a um cargo de assessor, resuma a sua frase em “atuar na área de Assessoria de Comunicação”. É importante evitar citar metas pessoais, planos e sonhos profissionais. Esse tópico se refere ao cargo que você almeja e outros detalhes devem ficar para o momento da entrevista.

Formação acadêmica

Esse tópico é voltado para a sua escolaridade. Mas não é necessário apresentar todo um histórico escolar, e sim as formações mais recentes, como a sua graduação e pós na área. Não esqueça de indicar se elas já foram concluídas ou se estão em andamento.

Experiência profissional

Resuma a sua carreira da experiência profissional mais recente até a mais antiga. Comece pelo nome da empresa, seguido pelos anos de entrada e saída, e o cargo exercido. Apresente sucintamente as suas atividades e resultados relevantes alcançados nesse período. Tente não destinar mais de três linhas para cada empresa em que você atuou.

Cursos e qualificações

Liste todas as qualificações importantes e diferenciais para a vaga que você está se candidatando. Conhecimentos em informática, treinamentos na sua área de atuação e cursos de idiomas são muito apreciados por empresas. Caso você tenha habilidades em outra língua, indique o seu nível de fluência, que pode ser básico, intermediário ou avançado.

Tome cuidado ao inserir sua foto

Colocar foto ou não? Essa é uma das principais dúvidas de quem procura dicas para montar um currículo. Há alguns anos, era uma exigência das empresas colocar fotos anexadas ao conteúdo. Hoje, isso não é mais necessário.

Caso no anúncio da vaga o envio de uma fotografia seja exigido, é preciso tomar cuidado. Insira uma foto com alta resolução, em um fundo branco. Nem pense em enviar selfies ou fotos descontraídas. Essa será sua imagem profissional para a empresa, por isso, mantenha uma expressão e aparência formais. Dê preferência ao tamanho 3×4 para que a imagem não “roube” muito espaço do seu currículo.

Fique esperto com suas redes sociais

As empresas estão utilizando as redes sociais para pesquisar informações e perfis dos seus candidatos. Por isso, é preciso ter cuidado com o que você posta ou compartilha. Muitas plataformas, como o LinkedIn, são voltadas exclusivamente a uma apresentação profissional, troca de contatos e ofertas de vagas. Um detalhe diferencial do site é o setor destinado a indicações — em que colegas, professores, ex-chefes e pessoas com quem você já teve contato profissional podem deixar uma boa referência sobre o seu trabalho.

Procure conhecer um pouco mais sobre a empresa

Essa conduta é muito importante na hora de disputar uma vaga. Durante a entrevista de emprego os recrutadores estarão à procura dos candidatos que mais se alinham ao perfil e à cultura da organização. Por isso, para assegurar uma boa performance durante a seleção e a consequente escolha para a vaga em disputa, procure conhecer um pouco mais sobre a empresa onde pretende trabalhar, quais são seus principais desafios e metas, forma de atuação no mercado e valores pelos quais se pauta (respeito pelo meio ambiente, valorização do esporte, etc.).

Seja honesto nas respostas

Recrutadores são pessoas experientes na atividade que exercem e já estão acostumados a lidar com inúmeros perfis de candidatos e reconhecer as “respostas-padrão”. Por isso, seja honesto em suas palavras e procure ser o mais autêntico possível, apresentando sua visão peculiar sobre fatos e experiências, bem como sobre seus anseios, expectativas profissionais e características pessoais.

Não se está falando sobre evidenciar os próprios defeitos ou bancar o “super sincero”, mas em o candidato ser fidedigno à realidade e humilde para relatar eventuais dificuldades, deixando claro que tem interesse em se aperfeiçoar cada vez mais.

Mantenha uma boa postura e linguagem adequada

Para transmitir uma imagem positiva ao entrevistador e assegurar que deixará uma boa impressão, é importante tomar alguns cuidados com a forma de se apresentar e se comunicar durante a entrevista de emprego.

Assim, procurar manter uma boa postura, olhar nos olhos do recrutador, evitar gesticular demasiadamente e manter a calma ajudarão no fortalecimento da empatia e cordialidade durante a seleção, favorecendo a fluidez do processo. Além disso, a linguagem utilizada também é muito importante. Evite usar gírias ou regionalismos exacerbados e procure ser o mais simples e objetivo possível.

Esteja atento ao traje e à aparência

Assim como no currículo – em que a forma de organização e apresentação das informações são importantes –, na entrevista de emprego a apresentação do candidato também possui grande relevância. Trajar-se adequadamente, com roupas sóbrias e adequadas é fundamental para transmitir confiabilidade e respeitabilidade ao recrutador. Aqui vale o cuidado de não exagerar nos acessórios e vestir algo confortável, que lhe deixe à vontade e que tenha a ver com a sua personalidade e com a maior ou menor formalidade do cargo.

Também é essencial estar com a higiene pessoal impecável (barba feita, unhas e dentes limpos, etc.) e não exagerar no perfume.

Seja pontual

No seu primeiro contato com o futuro empregador, prezar pela responsabilidade e pontualidade é fundamental. Assim, é melhor se antecipar e procurar chegar ao local com alguns minutos de antecedência, para assegurar que nenhuma contingência lhe impedirá de participar do processo e para evitar correr o risco de deixar o entrevistador esperando. Se atrasar no primeiro contato com a empresa pode deixar a má impressão de que você tem dificuldade para cumprir horário ou pode vir a ser um funcionário relapso. Por isso, o ideal é sair de casa um pouco mais cedo no dia da entrevista.